A subida e os balanços

Rascunho

PANORAMA SEMANAL
07/05/2021
PANORAMA SEMANAL
07/05/2021

Resumo

  • Passos mais lentos: Payroll vem abaixo da expectativa e dá sinais de recuperação um pouco mais lenta nos Estados Unidos;
  • Passo acelerado: Vacinação na Europa, balança comercial na China e Covid na Índia;
  • Indicadores para todos os gostos: Números de inflação e desemprego na agenda econômica nacional;
  • Subida controlada: aumento da Selic de +0,75% em relação à taxa anterior;
  • Destaques corporativos: Cancelamento de IPOs, ETF de criptomoedas e Vale virando a página;
  • Radar do mercado: Temas e eventos para ficar de olho.

Estados Unidos

Passos mais lentos

Mercado de trabalho: A semana foi marcada por diversos indicadores do mercado de trabalho americano. O Payroll – dado mais acompanhado de perto pelo mercado – demonstrou uma geração de empregos muito abaixo do esperado pelo mercado: 266 mil frente a quase 1 milhão de expectativa. A taxa de desemprego teve leve alta de 6% para 6,1%.

Em comentário sobre o número, um dos membros do Fed, Neel Kashikari, afirmou que o Payroll mostra um “longo caminho à frente” para o país.

Um outro efeito do resultado é de que a geração mais fraca de emprego diminui a pressão pela alta de juros para conter a inflação típica de uma economia superaquecida, preocupação citada até pela Secretaria do Tesouro, Janet Yellen, no decorrer da semana.

Apesar do resultado fraco de abril, os dados mais recentes do mercado de trabalho como os pedidos semanais de seguro-desemprego trouxeram boas notícias. A última leitura não só veio abaixo do esperado como também foi a menor registrada desde o início da pandemia. Ou seja, os Estados Unidos continuam na maratona de recuperação, mas com passos um pouco mais lentos.

Mundo

Passo acelerado

Se a economia não está em boas condições, ao menos o ritmo de vacinação na Europa parece ter ganhado ritmo. Nessa semana, o continente atingiu a marca de 25% da população vacinada, com destaque para Reino Unido e Hungria, que já imunizaram cerca de metade dos habitantes locais.

A expectativa é que o processo de vacinação dê um impulso à recuperação da economia europeia, a qual está em recessão técnica e apresenta poucos sinais de melhora no curto prazo.

A China, por outro lado, registrou números robustos na sua balança comercial: crescimento anual de 32% nas exportações e 43% nas importações. O resultado indica uma aceleração no comércio global, cenário que beneficia a potência asiática e potencializa a expansão da sua economia em 2021. Os Estados Unidos estão de olho 👀.

Enquanto isso, a Índia continua a enfrentar um cenário caótico no combate à pandemia, registrando recordes diários de novos casos e mortes. O primeiro-ministro do país, Narendra Modi, tem sido criticado pela falta de planejamento e já vê seu nível de popularidade seriamente afetado pelo episódio.

Brasil

Subida controlada

Nesta quarta-feira o Comitê de Política Monetária (COPOM) subiu a Selic, taxa básica de juros da economia para 3,5% ao ano, em um aumento de 0,75% em relação à taxa anterior. O aumento visa permitir que o Banco Central atinja a meta de inflação, que com a retomada das economias e a alta global nos preços das commodities, parece ameaçar retornar.

Dois dados divulgados nesta semana ajudam a corroborar essa tese: o IGP-DI, índice de inflação que superou as expectativas do mercado, subindo 2,22%, contra projeções de 1,8% e o Índice de Vendas ao Varejo, que teve uma queda de apenas -0,6% no mês de março, contra uma retração esperada de -7,0%. De acordo com o Boletim Focus, divulgado toda segunda-feira, a expectativa do mercado é que a taxa Selic termine o ano em 5,5%, com uma inflação de 5,04, oferecendo apenas um pequeno juro real para o investidor.

Destaques corporativos

Gerdau: resultado recorde

A Gerdau Metalúrgica (GOAU4) e sua controlada Gerdau (GGBR4) registraram lucro líquido recorde no último trimestre, somando mais de R$2,5 bilhões. Em relação ao mesmo período no ano anterior, o resultado é 1.030% maior, representando um salto de 107% em relação ao último trimestre de 2020. A melhoria do resultado deriva principalmente dos ganhos de eficiência da companhia, que permitiu à empresa praticamente dobrar sua margem ebitda, saltando de 13,6% para 26,4%. A Metalúrgica Gerdau (GOAU4) e a Gerdau (GGBR4) aprovaram o pagamento de dividendos no valor de R$0,21 e R$0,40 por ação, respectivamente. Os valores serão pagos nos dias 26 e 27 deste mês.

Itaú e Bradesco: baixa inadimplência impulsiona os bancões

Dois dos principais bancos do país, o Itaú (ITUB4) e Bradesco (BBDC4) divulgaram seus resultados trimestrais nessa semana, surpreendendo os analistas. O Itaú lucrou R$6,3 bi no último trimestre, salto de 63,6% em relação ao ano anterior, enquanto o Bradesco viu seu lucro líquido crescer 73% no mesmo período, totalizando R$6,5 bi. O aumento do lucro dos bancos é decorrente principalmente das menores provisões para inadimplência, que veio abaixo do esperado graças ao começo de uma retomada econômica no país.

Radar do mercado

Para ficar de olho

  • Brasil

    : Divulgação do IPCA de abril na terça-feira dia 11/05 e continuação da temporada de balanços, com destaque para Petrobras (PETR4, PETR3) e Renner (LREN3) na quinta-feira dia 13. A semana conta ainda com o IPO de Dotz (DOTZ3) na quinta-feira.

  • Mundo: Números do varejo e produção industrial nos Estados Unidos são os destaques da agenda econômica internacional na próxima semana.
    .

Sobre o autor

Renan Bento

Procurando estimar como as milhares de notícias e informações no mundo inteiro vão interferir na maneira que você toma o seu café.

Faça parte

Seja um usuário Beta!

Invista na bolsa de forma realmente inteligente!

peça seu convite

A SmarttInvest é a SmarttBot para o investidor!

Um bom investimento é aquele que é feito de forma inteligente. Inscreva-se abaixo para receber gratuitamente nossos melhores conteúdos sobre o mercado financeiro: