Descendo de elevador

Dança das cadeiras

PANORAMA SEMANAL
26/02/2021
PANORAMA SEMANAL
05/02/2021

Resumo

  • Empinou: Curva de juros dos Estados Unidos sobe em meio a temores sobre inflação, derrubando bolsas ao redor do mundo.

  • Saindo com o pé direito: José Castello Branco deixa a presidência da Petrobras, na semana em que a petroleira divulgou aumentou superior a 600% de lucro no último trimestre em relação a 2019.

Mundo

Descendo de elevador

É comum ouvir dizer que o mercado sobe de escada e desce de elevador. Nesta última semana de fevereiro, a máxima se comprovou mais uma vez: em meio a temores de inflação nos Estados Unidos, investidores passaram a vender títulos do tesouro americano, fazendo com que a curva das taxas de juros empinasse vertiginosamente e derrubasse as cotações de bolsas ao redor do mundo.

Esse movimento ocorre pois os títulos do tesouro americano são tratados como os ativos mais seguros do mundo. Portanto, se um ativo tão seguro e tão líquido passa a pagar mais, investidores passam a exigir maior desconto e atratividade de ações, que são ativos de risco.

Em apenas uma semana, as taxas de juros dos títulos de 10 anos dos EUA subiram cerca de 10%, acumulando alta superior a 60% no ano.

Brasil

De saída, mas pela porta da frente

O conselho da Petrobras ainda precisa realizar a aprovação da indicação de Joaquim Silva e Luna para a presidência da companhia, porém a saída de José Castello Branco já está a caminho.

O executivo não sairá pela porta dos fundos, porém: na quarta-feira a petroleira divulgou os resultados do último trimestre de 2020, com lucro líquido de R$59,89 bilhões, aumento de cerca de 634% em comparação com o mesmo período de 2019.

Em sua última conferência enquanto CEO da empresa, Castello Branco foi saudado e elogiado por diversos analistas do mercado, anunciando que irá trabalhar para que o processo de transição seja tranquilo.

Mercado

Ibovespa: Principal índice de ações brasileiro cai -5,83% na semana, pressionado principalmente pelo cenário internacional.

S&P 500: Índice das 500 principais empresas dos EUA cai -1,90% na semana, puxado especialmente pelas ações de tecnologia, que tendem a sofrer mais com aumentos na taxa de juros.

Euro Stoxx 50: Maior índice de ações europeias cai -2,07% na semana.

Nikkei 225: Japão cai -3,50% no período.

Radar do mercado

Para ficar de olho

  • Mundo: Divulgação de PMIs industriais e de serviços nos Estados Unidos, além do relatório de emprego (Non-Farm Payroll) na sexta-feira.

  • Brasil: Índice de Preços ao Consumidor (IPC-FIpe) na terça-feira, PIB trimestral (Q4 2020) e anual de 2020.

  • Coporativo: Temporada de balanços segue repleta de eventos. Destaque para divulgação de resultados de B3, Via Varejo e B2W.

Sobre o autor

Renan Bento

Procurando estimar como as milhares de notícias e informações no mundo inteiro vão interferir na maneira que você toma o seu café.

Faça parte

Seja um usuário Beta!

Invista na bolsa de forma realmente inteligente!

peça seu convite

A SmarttInvest é a SmarttBot para o investidor!