Recompra de ações

Recompra de ações

ECONOMIA
07/04/20
ECONOMIA
07/04/20

Nos três primeiros meses deste ano ocorreram 27 recompras de ações por empresas listadas na B3. O número é quase o triplo em comparação com o primeiro trimestre de 2019, quando foram feitas apenas 9 recompras.

Mas, afinal, o que é um programa de recompra de ações? Qual a motivação das companhias em realizar esse tipo de ação no mercado? 

Definição

Antes de entender o programa de recompra de ações, é necessário definir de maneira clara o que é uma ação.

A ação de uma companhia é um instrumento financeiro que dá ao seu detentor o direito proporcional de propriedade na empresa. O investidor que compra a ação de uma companhia é considerado um acionista.

Os investidores compram ações de uma empresa porque acreditam que terão um retorno positivo com aquele ativo. Existem duas maneiras bem conhecidas nas quais uma companhia pode gerar retorno para o seu acionista: valorização do preço da ação e pagamento de dividendos.

A recompra de ações é um método menos usual de uma companhia recompensar o investidor. Nesse caso, a empresa compra suas próprias ações do mercado a partir de recursos acumulados no caixa. Quando isso ocorre, as ações compradas são absorvidas pela companhia, ou seja, alocadas na sua tesouraria com a possibilidade de nova venda ou cancelamento no futuro.

A recompra diminui a quantidade de ações em circulação no mercado, o que aumenta a participação relativa do acionista na companhia. Segue um exemplo hipotético que esclarece a situação:

O Investidor tem 5 ações da empresa A. O total de ações da companhia em circulação no mercado é de 100 papéis.

A empresa A decide recomprar 10% das suas ações em circulação. Veja o antes e depois para o Investidor:

Ações e Participação Antes Depois
Ações no portfólio 5 5
Total de Ações 100 90
Participação na Companhia A 5,00% 5,56%

O aumento da participação relativa significa para o Investidor o direito de receber mais dividendos no futuro, por exemplo. Por esse motivo, a recompra de ações é considerada também um “dividendo disfarçado”.

Obs: o exemplo acima assume que a empresa não tinha ações em tesouraria, pois o limite é justamente de 10% do total de ações em circulação.

Por que as empresas estão fazendo isso?

A recompra de ações é considerada um bom sinal pelos investidores, pois demonstra que a companhia responsável está com liquidez e boa saúde financeira. O efeito imediato é a valorização do preço das ações no curto prazo.

Esse fato ajuda a compreender porque diversas empresas brasileiras estão realizando esses programas nos primeiros três meses de 2020, período no qual o Ibovespa caiu mais de 30%. Devido à queda generalizada nos preços dos ativos, as ações estão mais “baratas”, tornando um programa de recompra desses papéis menos oneroso para as companhias.

Na divulgação do fato relevante, as empresas costumam afirmar que não há oportunidades de investimento mais interessantes no momento, tornando a recompra de ações uma alternativa para o uso do caixa. Ademais, as companhias ressaltam nesses comunicados que a capacidade de pagamento de obrigações com credores e dividendos não é comprometida.

Seguem abaixo algumas empresas que anunciaram recompra de ações recentemente:

Companhia Código(Ticker) Quantidade
Ânima ANIM3 6,4 milhões (ON)
BRF BRFS3 7,5 milhões (ON)
Cosan CSAN3 10 milhões (ON)
IRB IRBR3 41,9 milhões (ON)
Renner LREN3 8 milhões (ON)

Conclusão

Afinal, a recompra de ações é positiva para o acionista ou não? No curto prazo, certamente haverá o benefício de valorização do papel em decorrência do caráter positivo desse tipo de programa perante o mercado. Cabe ao investidor avaliar a capacidade e a saúde financeira da empresa no longo prazo.

Sobre o autor

Renan Bento

Procurando estimar como as milhares de notícias e informações no mundo inteiro vão interferir na maneira que você toma o seu café.

Faça parte

Seja um usuário Beta!

Invista na bolsa de forma realmente inteligente!

peça seu convite

A SmarttInvest é a SmarttBot para o investidor!

Um bom investimento é aquele que é feito de forma inteligente. Inscreva-se abaixo para receber gratuitamente nossos melhores conteúdos sobre o mercado financeiro: